domingo, 20 de agosto de 2017

Pãozinho Low Carb

Como eu disse no post anterior, eu não me adaptei a comer apenas proteínas e tive que montar a dieta sem farinha e sem açúcar do meu jeito.
Tenho participado de grupos e testado receitas práticas e fáceis para ter uma alimentação " mais normal possível".
Pra quem tá chegando agora, isso não tem como objetivo principal o emagrecimento. Eu apenas desenvolvi intolerância a farinhas, amidos e açúcares simples. Sinto muita azia e formo gases o que me atrapalha no dia dia a trabalhar, estudar e fazer tudo o mais que preciso fazer.
Essa receita do pãozinho eu testei ontem a provei com louvor. É muito fácil e prática:

* 1 ovo
* 1 colher de sopa de requeijão cremoso (esses de copo) ( comum/ light/ vegano/sem lactose, o que preferir)
* 1 colher de chá de fermento em pó ( comum, aquele de bolo)

Mistura o ovo com o requeijão num prato.
Acrescenta o fermento e misture delicadamente
Coloque a mistura num refratário de vidro ou plástico untado com manteiga
Leve ao microondas 3 minutos. Vai virar uma massinha.
Corte a massinha ao meio.
Coloque queijo, presunto, o recheio que quiser
Leve na sanduicheira
Fica assim:



Gente, isso é um mixto quente que não fica devendo absolutamente nada para o que eu comia antes, com pão de forma. É delicioso!
E sem farinha, sem elevar os níveis de glicose, sem obrigar o pâncreas a produzir grandes quantidades de insulina, e consequentemente, sem estocar gordura. 
Experimentem!

Obs: No próximo post, receita de um bolo de banana de caneca, feito no microondas, ma-ra-vi-lho-so)

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Dieta Low Carb - Funciona?

    Obviamente funciona, senão não haveriam milhões de adeptos, mas não funciona para todo mundo.
Eu tentei.
Venho a algum tempo, percebendo certa intolerância a tudo que tem farinha. Sinto azia, fico com gases... Daí, embora eu ame pães, bolos e etc, fui evitando por conta do mal estar. Nos dias que eu conseguia não comer nada disso eu me sentia muito bem. Foi aí que fui procurar a dieta Low Carb, porque eles tem mil receitas inclusive de bolos e pães, sem farinha.
Pedi adesão em uns 5 grupos no Facebook, fui pesquisar na net e comecei.
O que aconteceu? Eu percebi que também não tenho boa tolerância a altas doses de proteína animal.
Carnes e ovos além de 1 porção por dia não me fazem bem. Minha digestão é lenta e eu me sinto muito, muito mal.
As receitinhas Low Carb que não levam carne e nem farinha, levam ingredientes caros e não tão fáceis de encontrar de forma que poucas coisas eu pude aproveitar no meu dia dia.
Fora que meu peso não cedeu 1g no período que fiz essa dieta, que foi de 1 semana e 1 dia. Pelo contrário, aumentei alguns gramas.
Acho que todo mundo sabe, mas vale lembrar que na |Low Carb não pode nem fruta.
Sem saída, eu tive que "quebrar" a dieta e apesar de não ter voltado a comer farinha, minha salvação tem sido as frutas e o iogurte.
No almoço, eu consigo comer ovos mexidos ou um omelete, mas não consigo comer isso novamente de noite, porque parece que o almoço ainda está lá no meu estômago. Aí eu tomo outro iogurte.
Pela teoria da Low Carb, estou ingerindo muito açúcar (frutose e lactose), mas pasmen, me pesei hoje e após 3 dias comendo basicamente isso, meu peso voltou a baixar.
Ou seja, a dieta pode funcionar sim, para alguns, mas não pra todo mundo.
Antes de desistir, se observe e descubra o que funciona para você.
Fica a dica!
Beijoooos!

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Base Ruby Rose, a febre do momento!

E vamos de resenhaaa!
Quem ainda não ouviu falar nesta base da Ruby Rose aí?
Ela foi lançada ao preço de R$5,00, mas parece que a primeira fórmula tinha problemas, e voltou reformulada , desta vez por R$15,00. Aqui na minha cidade, ela sobre variação de R$20,00 a R$22,00.
Em algumas cidades ainda se encontra por menos, mas é bom ficar atenta ao lote e data de fabricação, porque pode ser ainda a fórmula antiga.

Resultado de imagem para base ruby rose
Ela tem uma gama incrível de tons

Resultado de imagem para base ruby rose

Esses aqui acima são os mais fáceis de encontrar. Nem todas as lojas compram todos os tons.

Confesso que fui experimentar essa base muito desconfiada. Apesar de ser baratinha, dinheiro é dinheiro né non? Eu já me decepcionei com bases de marcas consideradas boas no brasil, como O Boticário, Natura, Avon... E por isso acabei comprando a tão famosa base da M.A.C, a Studio Fix. Só que dá uma dó gente, usar uma base cara todos os dias para trabalhar... Porque acaba durando pouco e não dá pra ficar comprando com tanta frequência.
Eu queria muito uma base boa para o dia dia, com um custo menor.
Daí, de tanto ver resenhas positivas sobre a base da Ruby Rose, lá fui eu.
E foi uma grata surpresa! A bichinha é boa mesmo!
Excelente cobertura, fácil espalhabilidade, acabamento bonito, boa durabilidade na pele, embalagem inquebrável e fácil de carregar na bolsa e aquele preço que a gente gosta.
No final do dia, para ir para a faculdade, eu retoco apenas no nariz e ao redor da boca, porque são regiões onde acabamos passando a mão ao longo do dia e removendo parte da maquiagem.
Mas não preciso retocar testa e nem maçãs do rosto.
A minha cor é a L4. Ela é bem amareladinha e fica no tom exato da minha pele. Não dá pra ver a diferença da parte de pele maquiada no rosto para a pele do pescoço.
Então acho que pela primeira vez na vida, estou conseguindo usar um tom apenas de base, sem precisar fazer mistura.
No entanto, não foi amor assim tão a primeira vista. Ela tem uns truques que eu fui descobrindo aos poucos para que alcance um resultado encantador. Vamos a eles:

- Ela é uma base de efeito matte, e não possui nenhum componente hidratante. Então você precisa hidratar a sua pele antes. Aplique seu hidratante facial/ filtro solar/ ou antissinais antes, aguarde a pele absorver por alguns segundos e aí sim aplique a base.

- Ela não gosta de ser muito manipulada. Aplique no rosto como preferir ( com a mão ou pincel), mas não fique voltando onde já aplicou. No final da aplicação, dê batidinhas com os dedos por todo o rosto. Isso vai apagar os risquinhos e fará com que ela grude na pele, deixando o acabamento incrivelmente bonito e natural.

- Leve-a na bolsa para reaplicar no nariz e em torno da boca caso vá passar muitas horas fora de casa.

- A base transfere um pouco, mas não se engane viu? Base importada cara e de uso profissional também transfere. Não desmereça a base da Ruby Rose por isso. Apenas tome os cuidados necessários de se vestir antes de se maquiar para não sujar as golas das blusas, e tá tudo certo.

Tem sido a minha base de uso diário e já estou indo para o segundo frasco.
Recomendo!






segunda-feira, 31 de julho de 2017

Já é hora de voltar!

Oi gente!!!
Antes de tudo quero agradecer muuuito pelo carinho de todos (as) vocês.
Recebi muitas mensagens, muita força, muito apoio. Muito obrigada de verdade!
Esse primeiro post de retorno vai ser só pra atualizar vocês do que está acontecendo no momento enquanto eu mando os notebooks da casa para manutenção porque estão desligando de repente. Estou escrevendo aqui do trabalho, numa pausa que fiz para o almoço.

Então... Eu estou bem agora. Só não fico muito bem quando sonho com a minha mãe. Não gosto de sonhar com ela e vê-la falando, sorrindo, andando e acordar e cair na real de que não é verdade. Então eu prefiro não sonhar. Mas né? Infelizmente não dá pra escolher os sonhos, então de vez em quando acontece, eu fico jururu por uns dias e vida que segue.

Sobre trabalho: Estou de carteira assinada graças a Deus! Trabalho como secretária executiva e pessoal de um médico que é cirurgião geral, com especialidade em cirurgia Bariátrica e Metabólica.
Ele faz todo tipo de cirurgia, inclusive oncológicas, mas muitas pessoas o procuram por conta da cirurgia da obesidade.
Ele é bem conhecido no brasil e lá fora, e ser secretária dele é uma aventura diária. Dias muito corridos, ociosidade 0, monotonia não existe, e isso me ajudou muito a levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima.

Sobre a faculdade: Hoje recomeçam as aulas, estou iniciando o 6º período. Para quem tá chegando agora, estou cursando Psicologia.

Sobre a casa nova: Após o falecimento da minha mãe, eu tive que desfazer o apartamento dela, porque ela morava sozinha. Muitas coisas eu doei, mas outras que estavam boas eu acabei aproveitando para mim, como um móvel de quarto que ela havia acabado de comprar, não chegou a pagar nenhuma prestação.
Como eu morava num apartamento muito pequeno, não caberia nem uma cadeira a mais, então nós tivemos que procurar um apartamento maior.
Achamos um no centro da cidade, de excelente tamanho e preço, embora seja um prédio antigo com um acabamento não tão bonito, mas não se pode ter tudo na vida né non? Tenho espaço, janelas enooormes por onde entra sol e ar fresco, e estou a 3min do meu trabalho. Sério. Eu saio de casa às 07h57 e chego às 08h em ponto.

Sobre as crianças: Elas estão lindas! Lindas mocinhas, com 12 e 13 anos, que não me dão trabalho, só orgulho e alegrias.

Sobre meu marido: Estamos bem, oficialmente casados, casamos no civil em Dezembro e viajamos em lua de mel no começo de Março. Duas semanas depois que voltamos aconteceu tudo aquilo com a mamãe... Mas enfim, estamos felizes e mais unidos do que nunca.

Então é isso. Volto em breve com resenhas, dicas, desabafos e minhas ranzinzinices que vocês conhecem bem. kkkk
Beiijossss!!!

sábado, 20 de maio de 2017

MUITAS MUDANÇAS...

Eu nem sei como começar esse post...
2017 ficará marcado para sempre na minha vida por motivos bem diferentes.
No carnaval fiz uma viagem maravilhosa, só meu marido e eu, voltamos felizes, animados e cheios de planos para este ano, até que no dia 18 de Março minha mãe teve uma parada cardiorrespiratória, ficou internada em coma na UTI cardio e uma semana depois, faleceu.
A partir daí foram mudanças e mais mudanças literalmente.
Ainda estou me adaptando à nova situação.
É estranho saber que a pessoa de quem eu nasci e com quem eu falava diariamente desde este dia não existe mais.
Tenho dias bons e outros nem tanto.
Sinto falta de vir aqui, tenho tantas novas dicas e coisas ue gostaria de partilhar, mas me falta ânimo.
Quero agradecer a todos que ainda passam pelo blog e deixam comentários. Peço que compreendam a minha ausência e que me aguardem porue em breve eu vou voltar.
Grande abraço!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

DIETA DO JEJUM INTERMITENTE - FUNCIONA?

Simmmmmm!!!! Funciona!
No começo eu tive lá as minhas dúvidas também, até que experimentei e me apaixonei.
Imagine, eu que sentia uma fome de leão e contava os minutos para as refeições de 3 em 3 horas fazendo jejum... Nunquinha, pensei.
Acontece que já no primeiro dia o jejum estabiliza os níveis de glicose no sangue e reduz a insulina circulante, e aí a fome de leão passa como mágica.
Estou fazendo o jejum de 16 horas, ou seja, eu faço minha última refeição às 19h, e aí só como novamente às 11hs do dia seguinte.
Quando meus dias no trabalho estão corridos e eu sei que só vou conseguir almoçar tarde, lá para umas 15hs, eu quebro o jejum com uma fruta ou um copo de iogurte e mais tarde almoço. Meu almoço tem sido levinho. As vezes como arroz, feijão, salada e carne, as vezes só salada e carne. Eu vou alternando. Tenho misturado Quinoa no arroz, assim faz volume mas reduz a quantidade de arroz ingerida. Eu amo arroz gente, mas convenhamos que muito arroz para quem quer emagrecer não é recomendado. Quem quer só manter o peso, ok.
Aí, de noite, a minha última refeição é um copo de whey protein. Comprei um bom, que tem 0% de carboidrato, Proteína isolada ( melhor do que a concentrada).
E tem sido assim. Sem fome, sem dor de cabeça, mais energia, perdendo peso diariamente. Tenho feito caminhadas quando saio do trabalho, sem aquela paranóia de ter que comer antes de caminhar tal coisa, e na volta tal coisa, e de fazer um monte de lanchinhos entre as refeições.
Durante o jejum o organismo se desintoxica sozinho, sem a necessidade de dietas detox e aquele monte de coisas.
O whey foi uma opção minha, já que nunca tive o hábito de jantar. De noite eu comia pão com manteiga e um copão de Nescau gelado. Agora troquei esse lanche pelo whey de baunilha e tá tranquilo pra mim, mas eu poderia jantar se quisesse.
Ó, vou falar pra vocês, sem a insulina em excesso circulando pelo meu sangue, até as minhas axilas clarearam. meu melasma também clareou bastante.
Aí depois que percebi isso fui dar uma pesquisada e voilá! A insulina em excesso escurece regiões como pescoço, axilas e virilha. E pelo que percebi, melasmas também.
Eu nem estou me pesando. Estou vendo pelas roupas o meu emagrecimento dia após dia.
E sobre a tal perda de massa magra... Por favor, assistam aos vídeos do Dr. Lair Ribeiro e do Dr. Juliano Pimentel. Eles falam sobre tudo isso. Há muito mais por trás de tudo que já ouvimos até hoje.
Enfim, eu estou fazendo há 2 semanas, só tive bons resultados e recomendo sim!
É libertador!

sábado, 31 de dezembro de 2016

Retrospectiva 2016

Se eu tivesse que definir 2016 em uma só palavra seria: SURPREENDENTE.
Ele começou muito bem. Os primeiros 3 meses foram de muita fartura e prosperidade, nós achamos que este seria o ano da nossa virada de vida e aí, no mês de abril... Phá! Foi aquela virada de maré que nos pegou de surpresa e nos deu um caldo que nos tirou o rumo.
Alguém aí já tomou um caldo na praia? Daqueles em que a onda cresce sem a gente perceber, nos pega de surpresa e aí saímos rolando sem rumo e paramos da areia com cabelo na cara e com o biquini fora do lugar? Pois é, foi desses.
De repente ficamos sem dinheiro para o aluguel, para a luz, para as compras, para pagar a escola das crianças... Chegamos a receber ajuda da igreja e dos amigos que nos davam cestas básicas.
Minhas filhas estudaram o ano inteiro sem livro e ainda assim, foram as primeiras de suas classes, o que nos rendeu muitos elogios por parte da direção e coordenação da escola delas.
Eu não tive dinheiro para tirar as xérox para estudar para as provas da faculdade. Prestei atenção nas aulas, fiz minhas anotações, gravei algumas aulas no celular e estudei ouvindo os áudios. E assim, também consegui passar com boas notas ficando entre as melhores da classe.
Meu marido fez o que podia. Pegou bicos como garçom, trabalhou como servente de pedreiro, e eu comecei a pedir aos amigos ajuda para encontrar um emprego.
Não sei como é em cidade grande, mas no interior não interessa suas aptidões. Interessa quem te indicou para o cargo. Sem o " QI", é muito difícil conseguir um trabalho.
E os dias foram passando... E os meses... e nada mudava. Eram cobranças e mais cobranças e nenhum dinheiro. Ficamos em meio a uma tsunami de dívidas.
Pois é, a crise havia nos atingido. Meu marido sem receber e tendo que viver de bicos, eu desempregada vendo aquilo tudo e me sentindo impotente. Não foram dias fáceis. Tentamos nos manter lúcidos para buscarmos soluções, mas fui dormir desejando morrer em muitos dias. Não perdi a fé, mas senti realmente as forças me faltarem para enfrentar o dia seguinte. Eu orava todos os dias agradecendo pela minha saúde e da minha família porque essa foi a única coisa que não nos faltou, mas cheguei a pedir a Deus que me levasse embora pois já não aguentava mais.
Até que no final de setembro, no meio da tarde uma mensagem pelo WhatApp começaria a mudar tudo.
Minha cunhada me oferecendo a sua vaga, no emprego em que ela trabalha há dez anos e que agora vai deixar. Seria para começar em Outubro.
E aí, no dia 03/10/16, graças a Deus a nossa sorte mudou. Comecei a trabalhar, pude renegociar as dívidas e voltar a ajudar em casa.
Aos poucos a vida está mudando. Algumas dívidas já foram quitadas, meu aluguel está em dia, meu marido já recebeu algumas parcelas do salário atrasado e tudo está voltando ao normal.
Em meio aos horrores da crise que vejo todos os dias na tv, só posso agradecer a Deus e me sentir afortunada por essa oportunidade. Num momento do país em que as pessoas só estão perdendo, eu ganhei um presentão.
Amo o meu trabalho. É uma loucura, mil coisas para fazer ao mesmo tempo, mas eu gosto disso. Gosto de dinamismo, isso me deixa ligada, bem disposta, com o raciocínio afiado, aprendo muito todos os dias.
O aprendizado que tirei deste ano que levarei para 2017 é : Prevenção e fé.
Precisamos aprender a nos prevenir, seja lá do que for. Nunca sabemos o que está por vir. Embora dinheiro não nos leve ao reino dos céus, aqui na terra ainda é ele quem resolve as coisas. Então a ordem é economizar. Juntar. Ter um pé de meia. Ter um fundo para imprevistos.
Não precisa ser muito e nem precisa virar mesquinharia. Apenas reservar uma parte do salário todo mês e jogar numa conta poupança (que eu já tenho) e deixar quieto lá. Isso paga uma consulta médica se for preciso, compra remédios, paga uma conta, o aluguel ou a luz se o salário atrasar, paga uma compra... Enfim, tira do sufoco. Está proibido torrar tudo acreditando que " mês que vem tem mais".
Nunca sabemos se tem.
E a fé nem precisa dizer porque né? Não devemos nunca usar de mercantilismo com Deus. Amar e adorar apenas quando tudo está bem não é amor verdadeiro, é troca. É negócio.
Devemos confiar em sua sabedoria e misericórdia, pedir perdão por nossos pecados diários e seguir em frente fazendo a nossa parte. Se for possível ele nos livrar da cruz ele livrará, mas se tivermos que carregá-la para nosso crescimento e salvação, teremos que carregar e isso não significa que Deus nos ame menos ou que Jesus nos tenha abandonado. O nosso amor deve ser incondicional, assim como o DELE é.
Então, 2016 vai embora me deixando muitas lições e também muito feliz com esse desfecho surpreendente após meses de tanto desespero e desesperança.
E que venha 2017!!!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Aguardando...

* Situação do momento no trabalho: Indefinida. Estou em experiência sem saber ainda se serei efetivada. Aguardando.
* Situação do momento na faculdade: Indefinida. Vou passar de período porque graças a Deus sou uma das melhores alunas da sala, maaas, não sei se terei condições financeiras de renovar a matrícula para o ano que vem. Aguardando.
* Situação do momento na família: Meu casamento no civil está marcado, mas uma das minhas testemunhas está doente e não sei se no dia ela poderá ir assinar. Se não puder eu não sei o que acontece nesses casos. Aguardando.
* Situação financeira do momento: Depende. Se eu for efetivada, poderei ajudar o meu marido a reequilibrar a nossa situação. Se não, continuaremos na pindaíba. Aguardando.
Ou seja, estou aguardando. Fazer o quê né? Bom seria se tudo dependesse exclusivamente da nossa vontade. Se assim fosse eu estaria empregada, continuaria a faculdade e não teria dívidas. Mas não é assim, então se o que tem para o momento é aguardar; aguardaremos.
Boa semana para nós!

domingo, 2 de outubro de 2016

Make da crise - Fique linda gastando pouco!

E como é que é possível se manter apresentável no trabalho ou no dia dia na situação atual do país gente? A indústria cosmética está bombando, é novidade todo dia e ter boas maquiagens para produções especiais ok, porque não vamos à casamentos, formaturas, confraternizações e aniversários todos os dias, mas e a maquiagem diária para trabalhar ou cumprir os compromissos do dia dia como fica? Sai caro né... Então, pensando nisso já que começo a trabalhar na segunda-feira, eu fui à campo atrás de produtos baratos e dignos para estar apresentável sem me endividar.

Base:
Esse é o único item que eu acho que vale um investimento maior, já que fica em contato com a pele por longo período. Se for de má qualidade pode causar inúmeros males que vão desde acne até alergia.
Então eu comprei uma base da Mary Kay, por $60,00. A minha cor é a Beige 2.

Essa linha Timewise é também um tratamento antissinais. Essa base oxida um pouco quando seca, então não compre sem testar no seu rosto. As revendedoras Mary Kay costumam ter um mostruário de cada tonalidade.

Pó:
Como a base já está cobrindo o rosto, o pó pode ser qualquer um. O mais importante é você encontrar uma tonalidade que fique natural na sua pele.
Eu tenho um pó da Mary Kay que me deixa cinza, e um da Vult que me deixa branca como se tivesse passado farinha de trigo na cara, e a cor na embalagem das duas marcas é a que mais se aproxima do meu tom de pele.
Aí, numa lojinha de bijuterias onde só vende maquiagens baratinhas eu bati o olho num pó que eu achei que seria bom pra mim e acertei na mosca! Custou $4,50. Essa cor é a 02.


A marca é Yvis Beauty e eu nunca tinha ouvido nem falar. Como sou clara e amarelada, ele ficou perfeito e deixou a cor super natural. O segredo do pó é o polimento. Esses pós baratos são mais grossos, mas se forem polidos eles assentam na pele e ficam invisíveis. Então quando encontrar um pó que ache que é o tom perfeito pra você, não tenha medo por ser de marca desconhecida ou muito barato. É melhor do que ostentar um produto caro mas que vai deixar a sua maquiagem feia e artificial.

Sombra e blush:
Para o dia dia e trabalho, nada de sombra cintilante e nem colorida. Então um mesmo produto pode servir como sombra e blush desde que seja neutro. O ideal é fazer só um fundinho de olho com uma sombra marrom matte (ou blush). Esse marrom pode ser mais quente, como um bronzer, ou mais frio com fundo acinzentado. Isso vai do gosto pessoal. E esse mesmo produto pode ser usado no rosto, como contorno, para afinar as bochechas. Quem gosta pode colocar um toque rosinha só nas maçãs do rosto, bem de leve. E nem precisa ter um blush só para isso. Logo após a base, você pode dar batidinhas com um batom rosinha cremoso e espalhar bem com os dedos. Passe o pó depois.
Produto cremoso não deve nunca ser passado por cima de produtos em pó porque não vai espalhar e vai ficar horrível.
Eu encontrei uma dica incrível de um pó compacto baratinho que é o irmão gêmeo separado na maternidade do blush ryco da M.A.C, o Harmony.




É a cor 5, da Queen. E custou $5,00. Tenho usado nos olhos e no rosto.

Olha o da M.A.C:

Bem parecido né? 

Máscara de cílios:
Esse é outro produto que vale um certo investimento porque fica muito próximo aos olhos. Maaas, na impossibilidade de investir no mínimo 30,00 num produto como Maybelline, há outras alternativas.
O preço varia muito pelo Brasil afora, mas aqui na minha cidade, nem marcas nacionais como Vult e Dailus tem máscaras de cílios por menos de $35,00.
Eu acabei encontrando essa da Luisance por $12,00 e resolvi arriscar.



Não vou dizer que foi um achado e que a máscara é maravilhosa, mas que quebra um galho até juntar uma grana para comprar outra melhor sem comprometer a renda, isso quebra.
O truque ao comprar uma máscara nova é deixá-la dormir aberta de uma noite para outra. Isso engrossa o produto e o deixa mais fácil de trabalhar nos cílios, sem grudar um pelinho no outro.

Batom:
Eu gosto para trabalho e para o dia dia, de tons nudes e cor de boca.  Encontrei opções bem legais por apenas $3,00.




Batom Queen da coleção "frutas". Esse é o de coco. Ele não é marrom. É um corzinha de boca bem discreto, fundo rosadinho. Custou $3,00.





Sucesso nos anos 80, ele ainda existe por aí nos camelôs da vida. A embalagem é feia, mas você não precisa ficar por aí retocando batom em público né nom? O efeito nos lábios é lindo! Com uma única camada, ele faz parecer que seus lábios são daquela cor, rosadinho e saudável. Dá pra usar como blush também. Se quiser mais cor, é só ir passando mais camadas. Eu gosto só de uma. Custou $3,00.
Tem também outras cores. O preto fica na cor uva na boca, o laranja fica vermelho claro, o azul vermelho escuro.

Vamos somar tudo agora:
Base - 60,00
Pó - 4,50
Blush e sombra( é o mesmo produto) - 5,00
2 Batons - 6,00
Máscara - 12,00
Total = 87,50
Uma make completa por 87,50. 
Se fosse fazer essa mesma compra na Avon, Natura, O Boticário ou até mesmo na farmácia de marcas que estão fazendo sucesso como Vult, Dailus, Maybelline e etc, você não gastaria menos de 200,00. 











quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Gata no cio: O que fazer?


Resultado de imagem para gata no cio


Alô alô gateiros! Esse papo é com vocês.
Quem me acompanha há tempos sabe que eu sou a louca dos gatos. Amo de paixão essas bolinhas de pelo.
No momento tenho duas gatas. Uma eu adotei numa ONG, e como a chegada dela foi planejada, a Alice foi castrada assim que completou 6 meses. A outra minhas filhas encontraram na rua. Nós não tínhamos a intenção de ter outro gato porque moramos num apartamento pequeno, mas ela praticamente implorou para ser resgatada se esfregando nas pernas das crianças e se deixou carregar no colo sem receio do centro da cidade até a nossa casa. Muito carinhosa e companheira, foi batizada de Kiara e acabou ficando conosco. No entanto, Kiara nos encontrou num momento financeiro ruim e no momento é impossível pagar por uma castração, que custa aqui na minha cidade, $300,00, fora os medicamentos pós cirúrgicos e material para curativo.
E aí que começou a minha novela.
Ela entra no cio a cada 2 semanas para o meu desespero. Faz xixi pela casa toda, mia altíssimo incomodando a todos inclusive aos vizinhos.
Pedi orientação para um veterinário e ele me informou algumas curiosidades:

* Gatas são animais poliéstricos estacionais. O cio delas depende do calor e luminosidade. Logo, em ambientes quentes e muito iluminados, as gatas podem ter vários períodos de cio de longa duração.
Em locais onde as estações do ano são bem definidas, durante o outono e inverno as gatas devem entrar no cio a cada 6 semanas, e esse período dura de 1 a 6 dias. Já em cidades como a minha onde é verão o ano inteiro, elas podem entrar no cio a cada duas semanas e o período pode durar de 7 a 14 dias.

* Elas urinam muito mais nesse período para marcar território e " chamar o macho".

* Gatos tem pelo menos 2 ferormônios sexuais ( substâncias que são excretadas por um animal e modificam o comportamento de outro ) . A fêmea possui um que também induz ou auxilia na indução do cio de outras fêmeas (além da função de atrair machos). Então, num gatil, por exemplo, pode acontecer de várias gatas ficarem no cio ao mesmo tempo. O macho tem outro ferormônio, cujo odor também fazem algumas gatas entrarem no cio.
Até aí beleza né? Mas segura essa:
Se a gata for muito próxima dos donos, pode também haver influência no comportamento de ambos.
Eu percebi que, já há alguns meses, a Kiara entra no cio quando estou na TPM. E aí vira um inferno porque a miação e a mijação dela me irritam muito mais do que o normal. Acontece que o fato de " entrarmos no cio" juntas não é coincidência. Ela pode estar alterando o meu ciclo, ou eu o dela.
Quem me disse isso foi o veterinário viu gente? Não tirei da minha cabeça não.
E a Kiara também é muito apegada ao meu marido. Ela deita no travesseiro dele, em cima das roupas, e quando ele está em algum lugar ela sempre vai lá e fica perto. E esse contato com os feromônios dele pode induzí-la a entrar no cio mais frequentemente.

Até que possamos castrá-la a orientação é ter paciência, brincar com ela para ajudá-la a dissipar essa energia, dar muito carinho porque isso satisfaz a necessidade sensorial dela, e esperar passar. rs
Vou começar a juntar moeda para poder castrá-la logo. kkkkkk